PRESIDENTE DA ABPÓS MERCOSUL SE REÚNE COM VICE-MINISTRO

PRESIDENTE DA ABPÓS MERCOSUL SE REÚNE COM VICE-MINISTRO

O Presidente da ABPÓS MERCOSUL, Dr. Carlos Estephanio, juntamente com o Presidente da ANPGIEES – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUADOS EM INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS, Dr. Vicente Celestino, estiveram em reunião com o Vice-ministro da Educação do Paraguai – Dr. Gerardo Gómez Morales e com a Dra. Salvadora Gimnenez, da Dirección General de Universidades do MEC- Paraguai, em 20 de julho de 2016. Na oportunidade buscaram esclarecimentos a respeito de alguns pontos da nova lei da Educación Superior da República do Paraguai e também solicitaram informações em relação a demora no registro de alguns títulos pelo Ministério da Educação daquele país.

Em relação a tal demora, fomos informados de que, em geral, deve-se a necessidade de pronunciamento do Órgão competente do Governo Paraguaio – CONES – instituído pela nova Lei da Educação Superior daquele país , no que tange ao cumprimento, pelas universidades, de algumas exigências decorrentes dessa nova legislação.

Posteriormente, em contato com alguns Reitores, incluindo o da UNIVERSIDAD AMERICANA, foi obtida a informação de que a demora realmente decorre da exigência de registro e análise de todos os Projetos de cursos (de graduação e pós-graduação) pelo CONES (CONSEJO NACIONAL DE EDUCACIÓN SUPERIOR) e que algumas medidas estão sendo tomadas para regularização dessa absurda demora que atinge, inclusive, os próprios cidadãos paraguaios que concluíram cursos de graduação ou pós-graduação.

No caso específico da UNIVERSIDAD AMERICANA, foram apresentados pela mesma os comprovantes de cumprimento dos prazos pela universidade, junto ao CONES.

Segundo informações, espera-se para breve a liberação de todos os títulos pendentes e a regularização de registro de todos os novos títulos, o que não é problema da universidade, mas sim de um novo procedimento em relação ao qual o órgão oficial responsável parece não ter se estruturado adequadamente para agir de forma eficaz e rápida.

Outras notícias