JUSTIÇA É FEITA CONTRA MAIS UM ABSURDO DE UMA UNIVERSIDADE BRASILEIRA

JUSTIÇA É FEITA CONTRA MAIS UM ABSURDO DE UMA UNIVERSIDADE BRASILEIRA

Mais uma vez a hipocrisia de alguns ‘doutores’ e gestores que se acham mais competentes do que seus semelhantes, foi vencida. Desta vez, diz respeito à decisão da Segunda Turma do STJ que determinou que o título de notório saber de um professor de violoncelo da UNIRIO – UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO seja equiparado ao título de doutor.

Segundo a ação judicial, a UNIRIO ameaçava demitir o docente por falta de titulação. Não deve ser difícil imaginar quantos doutores docentes de violoncelo devem existir no Brasil, já que temos apenas 1,4 doutores, em âmbito geral, por cada mil habitantes dos 25 aos 64 anos.

Felicitamos ao docente que conquistou seu direito pela luta e, sobretudo, por não se curvar perante essa estrutura feudal, conservadora e arcaica que ainda reina no cenário acadêmico brasileiro.

Outras notícias