SENADO APROVA PROJETO QUE FACILITA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO

SENADO APROVA PROJETO QUE FACILITA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA ESTRANGEIRO

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado aprovou nesta quinta-feira (26) o projeto que prevê o reconhecimento automático, no Brasil, de diplomas de cursos presenciais de graduação, mestrado ou doutorado expedidos por instituições de educação superior estrangeiras de reconhecida excelência acadêmica. Para tanto, deverá ser divulgada pelo poder público, periodicamente, a lista de cursos a serem abrangidos.

Segundo a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), o reconhecimento dos diplomas dos brasileiros que estudaram no exterior compete às universidades. Para o autor do projeto, senador Roberto Requião (PMDB-PR), os procedimentos adotados pelas diferentes instituições de ensino superior têm variado muito.

`São frequentes os relatos de processos excessivamente caros, pouco transparentes, demorados e arbitrários, que resultam, não raro, em prejuízo a estudantes de destaque e na negativa do reconhecimento ou revalidação de estudos realizados em cursos de universidades de excelência acadêmica internacionalmente reconhecida`, argumenta Requião, na justificação do projeto.

O relator na CRE, senador Cristovam Buarque (PDT-DF), defendeu a aprovação do projeto. `A revalidação dos diplomas é uma medida há muito aguardada por grande número de estudantes brasileiros que buscam diversificar sua formação profissional, acadêmica e cultural`, observou.
Cristovam aceitou emenda do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) estabelecendo norma para que os documentos sejam submetidos à análise no âmbito administrativo, bem como prazo para a duração do processo de revalidação, de 90 dias úteis. A matéria vai à Comissão de Educação, Cultura e Esporte, em decisão terminativa.

fonte: AGÊNCIA CÂMARA – UOL EDUCAÇÃO – 26/09/2013 – SÃO PAULO, SP

Outras notícias