CRESCE O NÚMERO DE MESTRES E DOUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL

CRESCE O NÚMERO DE MESTRES E DOUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL

Nos últimos três anos a categoria de profissionais estrangeiros temporários, no Brasil, teve um crescimento de 137%, passando de 2.460 profissionais autorizados em 2009 para 5.832 em 2012. Segundo veiculação no site do MTE, esses profissionais são altamente qualificados e vem ao Brasil exercer profissões nas áreas de gerência e supervisão de empresas que demandam conhecimento não disponível em nosso país.


Em 2012 foram concedidas 73.022 autorizações de vistos a estrangeiros, segundo dados divulgados pela Coordenação Geral de Imigração (CGig) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Das autorizações concedidas no ano, 64.682 foram temporárias e 8.340 permanentes.


Entre 2011 e 2012 houve aumento de 9,5% no total de mestres e doutores autorizados a trabalhar temporariamente, sendo que, entre 2009 e 2012 esse aumento foi de 560%. Esse é um dos grupos que mais cresce em números relativos no Brasil.


Enquanto os profissionais estrangeiros são autorizados a atuarem profissionalmente no Brasil, os ‘filhos desta pátria amada’ que se deslocam por conta própria para outros países para obterem titulações de mestres e doutores, ao retornarem ao Brasil raramente conseguem revalidação de seus títulos pelas imposições mais absurdas possíveis.


Mais uma lamentável e vergonhosa realidade de um país que nega aos seus filhos os direitos que são concedidos a qualquer outro cidadão de fora.

Outras notícias