DIRIGENTES DA ABPÓS MERCOSUL SÃO RECEBIDOS EM BRASÍLIA

DIRIGENTES DA ABPÓS MERCOSUL SÃO RECEBIDOS EM BRASÍLIA

Os Professores Carlos Estephanio, Presidente da ABPOS MERCOSUL; Celso Afonso,
Diretor da ABPÓS MERCOSUL e Luis Vilhena, representante da ABPÓS
MERCOSUL na Capital Federal, foram recebidos pela Sra. Presidente da Comissão de
Educação da Câmara e por membros da liderança do PT, no último dia 16 de
novembro, na sala da liderança do PT, em Brasília. Tal encontro objetivou colocar a ABPÓS MERCOSUL à disposição daquela

Comissão, no sentido de, unidos, combaterem o claro preconceito de alguns órgãos
brasileiros aos programas de pós-graduação do Mercosul.

Na oportunidade, o Presidente da ABPÓS MERCOSUL entregou à Sra. Presidente da
Comissão de Educação uma ‘coletânea’ com vários documentos, inclusive com
fundamentos jurídicos emitidos por uma Desembargadora, que demonstram não só a
importância do Programa Mercosul de Pós-graduação, mas a total legalidade da
validade, no Brasil, dos diplomas de pós-graduação resultantes de cursos
integralmente presenciais em outros países do Cone Sul.

Foi destacado que não estávamos ali pleiteando a banalização da admissão no Brasil
dos títulos do Mercosul, mas apenas o aceite dos diplomas emitidos por programas
ministrados por instituições legalmente em funcionamento no Paraguai, na Argentina e
no Uruguai, em respeito a soberania de cada país e aos acordos firmados pelos
governantes máximos de cada uma dessas nações.

Também ficou claro que a ABPÓS MERCOSUL não apóia ilegalidades como aquelas
eventualmente praticadas por instituições de outros países do Mercosul que tentam
burlar a legislação e ministrar aulas no Brasil. A ABPÓS MERCOSUL é contra essa
indignidade por ferir a legislação brasileira vigente, e denunciará todo e qualquer caso
que chegue ao seu conhecimento.

Na oportunidade foi esclarecido, ainda, que a ABPÓS MERCOSUL se encontrava ali
em nome de milhares de estudantes do Mercosul, que o fazem por absoluta falta de
oportunidades no Brasil, assim como foi denunciado a interferência descabida da
CAPES em assuntos que não lhe dizem respeito.

Após pronunciamento e acolhimento por parte dos Parlamentares de nosso pleito, a
Audiência foi encerrada com uma avaliação extremamente positiva dos
encaminhamentos efetuados pela ABPÓS MERCOSUL.

Outras notícias